Comandante do Exército Livre Sírio é assassinado na Turquia

O atentado aconteceu na tarde desta quarta-feira na província de Hatay, no sul da Turquia, e aparentemente a bomba estava debaixo do assento do motorista

Ancara – Um comandante do Exército Livre Sírio (ELS), grupo armado opositor ao regime sírio de Bashar al-Assad, foi assassinado nesta quarta-feira na Turquia mediante a detonação de uma bomba colocada em seu automóvel, informou a agência semioficial “Anadolu”.

O atentado aconteceu na tarde desta quarta-feira na província de Hatay, no sul da Turquia, e aparentemente a bomba instalada debaixo do assento do motorista explodiu quando a vítima, Cemil Radun, ligou o motor.

Radun, de 44 anos de idade e comandante da Unidade Sukr El-Gap do ELS, ficou gravemente ferido e morreu pouco depois no hospital.

Segundo informou a “Anadolu”, o governador de Hatay, Ercan Topaca, Radun, que estava na Turquia há um ano, serviu no Exército sírio antes de desertar e se unir ao ELS.

“Pensamos que o incidente aconteceu devido a um conflito interno entre os grupos de oposição sírios”, disse o governador.

Radun tinha se salvado de um atentado similar em abril, quando encontrou uma bomba instalada debaixo de seu automóvel.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s