Comissão Europeia cria fundo de emergência para migrações

Essa contribuição, na forma de um trust fund, será acrescida de outras dos Estados-Membros e demais doadores e tem como destinatários 23 países africanos

A Comissão Europeia anunciou hoje (20) a criação de um fundo de emergência, de 1,8 bilhão de euros, destinado a ajudar países africanos onde há migrantes em situação irregular, principalmente as regiões do Sahel, Corno de África e Norte da África.

Essa contribuição, na forma de um trust fund, será acrescida de outras dos Estados-Membros e demais doadores e tem como destinatários 23 países africanos.

Na região do Sahel e Lago Chade, os beneficiários são Burkina Faso, Camarões, Chade, Gâmbia, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria e Senegal.

Na região do Corno de África, o fundo irá chegar ao Djibuti, Eritreia, Etiópia, Quénia, Somália, Sudão do Sul, Sudão, Tanzânia e Uganda.

Os países no Norte de África são Marrocos, Argélia, Tunísia, Líbia e Egito.

Bruxelas quer acelerar os procedimentos necessários, de modo que o fundo seja formalmente constituído na cúpula de La Valletta, em novembro, que reunirá em Malta líderes europeus e africanos, incluindo países de língua oficial portuguesa, para debater a migração e a crise dos refugiados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s