Coreia do Norte considera ação do Sul “declaração de guerra”

Seul suspendeu operações em parque industrial, em retaliação ao lançamento de um foguete de longo alcance de Pyongyang no domingo

Paju – A Coreia do Norte informou que vai expulsar todos os sul-coreanos do Complexo Industrial de Kaesong, que administra com o país vizinho, nesta quinta-feira, classificando a decisão de Seul de suspender as operações, em retaliação ao lançamento de um foguete de longo alcance de Pyongyang no domingo, como uma “declaração de guerra”.

Os norte-coreanos declararam o parque industrial, símbolo de cooperação das Coreias durante mais de uma década, uma zona de controle militar, afirmou a agência que lida com suas relações com o Sul, segundo a agência estatal de notícias KCNA.

Dezenas de caminhões sul-coreanos já retornavam pela fronteira no início desta quinta-feira, repletos de mercadorias e equipamentos, depois de Seul comunicar sua saída.

“Imperdoável o ato desse grupo de marionetes de suspender totalmente a operação (em Kaesong), vendo erro no teste da bomba H e no lançamento do satélite da República Popular Democrática da Coreia (nome oficial do país)”, afirmou o norte-coreano Comitê para a Reunificação Pacífica da Coreia, referindo-se à Coreia do Sul.

A isolada Coreia do Norte desqualifica o Sul frequentemente, chamando o vizinho de marionete dos Estados Unidos, e com a mesma regularidade acusa ambos de atos de guerra contra si.

Pyongyang testou o que disse ser uma bomba de hidrogênio no dia 6 de janeiro, e no final de semana passado lançou um foguete que colocou um satélite em órbita.

EUA, Japão e Coreia do Sul acreditam que a manobra de domingo foi um teste de míssil balístico, que assim como seu quarto teste nuclear viola resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). O Senado norte-americano votou unanimemente a favor de sanções mais rígidas.

A Coreia do Norte expulsou os sul-coreanos da zona industrial no final da tarde local, proibindo que levassem mais do que seus pertences pessoais, disse a KCNA. Após o anúncio do Norte, a Coreia do Sul declarou que sua prioridade máxima é o retorno seguro de seus cidadãos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s