Cruz Vermelha da Colômbia chega ao Equador

As atividades humanitárias dos voluntários da Cruz Vermelha terão duração de dez dias

Bogotá – Voluntários da Cruz Vermelha da Colômbia se uniram nesta quarta-feira aos trabalhos de busca e resgate na cidade equatoriana de Pedernales, uma das mais afetadas pelo terremoto de magnitude 7,8 registrado no sábado passado e que deixou, até o momento, 500 mortos.

O grupo com 74 integrantes dá apoio na retirada de corpos, nos alojamentos temporários, no reestabelecimento das telecomunicações e conta com uma estação de tratamento de água, conforme um comunicado da Cruz Vermelha.

A comitiva humanitária se instalou na fronteira do estado de Pedernales, onde funcionava o prédio da Prefeitura, que desabou no terremoto.

As atividades humanitárias dos voluntários da Cruz Vermelha terão duração de dez dias.

O trabalho é realizado em coordenação com o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e a Unidade Nacional de Gestão de Risco de Desastres da Colômbia, depois que a entidade equivalente no Equador solicitou apoio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s