Curdos preparam declaração de nova região autônoma na Síria

As forças curdo-sírias expulsaram em 15 de junho os combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) de Tel Abiad, que controlavam a cidade

Beirute – As autoridades curdas preparam a declaração de uma nova região autônoma no norte da Síria, que pode ser anunciada ainda nesta quarta-feira, na região fronteiriça de Tel Abiad, no norte da província de Al Raqqa.

A principal formação política curdo-síria, o Partido da União Democrática (PYD), informou em seu site do início de uma reunião do Conselho de Notáveis de Tel Abiad para anunciar a criação de uma administração autônoma nesta área, cujo nome em curdo é “Kuri Sabi”.

Participaram do encontro uma delegação procedente de Kobani, outro dos enclaves curdos da Síria, e membros do Escritório de Relações e Organização das Unidades de Proteção do Povo (milícias curdo-sírias), representantes dos grupos rebeldes de Al Raqqa e grupos da sociedade civil.

A reunião foi inaugurada com um discurso de um integrante do Comitê Executivo do Movimento de Sociedade Democrática de Tel Abiad, Farhad Dirk, que destacou que esta reunião “é um passo histórico para construir Tel Abiad e a Síria”.

Ele descreveu Tel Abiad como um “exemplo em miniatura da Síria, porque nela vivem todos os componentes da sociedade, e deve ser um modelo de coexistência pacífica entre todas as pessoas” do país.

“Qualquer plano de mercenários que quiserem semear a discórdia fracassará se a sociedade se unir para criar a região e desenvolver todos os aspectos da vida”, ressaltou.

A expectativa é que a criação da nova região autônoma seja declarada oficialmente após o encontro.

As forças curdo-sírias expulsaram em 15 de junho os combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) de Tel Abiad, que controlavam a cidade, que fica na fronteira com a Turquia, no norte da província síria de Al Raqqa, o principal bastião do EI na Síria.

Assim que for declarada a administração autônoma curda, Tel Abiad se unirá aos enclaves de Kobani e Afrin, na província de Aleppo, e de Al Jazeera, que fica em Al Hasaka, onde os curdos proclamaram governos regionais autônomos em janeiro de 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s