Derrubar governo estenderá conflito na Síria, diz Assad

Em entrevista, Assad disse que apenas os aliados de seu governo estão preparados para pôr fim a uma guerra que começou há cinco anos

O presidente sírio, Bashar al-Assad, garantiu nesta quinta-feira que o conflito em seu país pode terminar em um ano, mas que os esforços equivocados para mudar o governo vão prolongá-lo.

Em entrevista à emissora de televisão holandesa NPO2, Assad disse que apenas os aliados de seu governo estão preparados para pôr fim a uma guerra que começou há cinco anos.

“Nenhum deles, apenas Rússia, Irã e seus aliados, e os demais países que apoiam politicamente o governo sírio [estão dispostos a acabar com a guerra], mas não o Ocidente. Ninguém está preparado no Ocidente”, declarou Assad, em inglês.

O presidente sírio deu essas declarações um dia antes de uma terceira rodada de diálogo entre 17 países, incluindo Rússia e Irã, que acontece em Nova York.

Para Assad, a guerra pode acabar em menos de um ano, “se os países responsáveis agirem contra a chegada” de combatentes estrangeiros à Síria.

“Mas o problema é que continuam apoiando-os diariamente, porque querem uma solução, o que chamam de uma solução política”, comentou o presidente. “Por isso, [o conflito] vai-se eternizar”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s