Destroços achados nas Maldivas não pertencem ao MH370

O ministro de Transporte da Malásia declarou que sua equipe analisou os destroços e eles nem sequer são material de avião

Bangcoc – Os destroços encontrados na República das Maldivas não pertencem ao Boeing 777-200 da Malaysia Airlines que desapareceu com 239 pessoas a bordo em 2014, informou nesta sexta-feira o ministro de Transporte da Malásia, Liow Tiong Lai.

“Minha equipe viu os destroços. Não são do (voo) MH370, nem sequer são material de avião”, declarou o ministro aos jornalistas em Kuala Lumpur, segundo a versão do meio local “Malaysia Insider”.

Liow acrescentou que, no entanto, se aparecesse algum objeto que pudesse ser do aparelho que procuram o enviariam aos analistas para que o analisem.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s