Divorciadas japonesas poderão se casar de novo após 100 dias

Até o momento, as mulheres tinham que esperar seis meses para poder casar novamente

As divorciadas japonesas poderão voltar a se casar após um prazo de 100 dias, depois de uma revisão do código civil aprovada pelos deputados.

Até o momento, as mulheres tinham que esperar seis meses para poder casar novamente.

A decisão do Parlamento contempla ainda que se a mulher apresentar um certificado de que não está grávida, não precisará respeitar nenhum prazo.

O código civil estabelecia um prazo de seis meses para evitar conflitos de paternidade no momento do divórcio.

Em dezembro do ano passado, a Suprema Corte do Japão considerou inconstitucional este dispositivo do código civil instaurado no século XIX e decidiu que o prazo não pode exceder 100 dias, um período ainda muito longo na opinião das feministas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s