Dois soldados morrem após acordo entre Azerbaijão e Armênia

Após o encontro na capital austríaca, na segunda-feira à noite os presidentes Serge Sarkissian e Ilham Aliev reafirmaram o "compromisso com o cessar-fogo"

Um soldado azeri e um armênio morreram nesta terça-feira em confrontos na disputada região de Nagorno-Karabakh, horas depois do compromisso dos presidentes dos dois países em respeitar o cessar-fogo.

Após o encontro na capital austríaca, na segunda-feira à noite os presidentes Serge Sarkissian e Ilham Aliev reafirmaram o “compromisso com o cessar-fogo e a favor de uma resolução pacífica” do conflito pelo controle desta região.

Este foi o primeiro encontro entre ambos desde os confrontos do início de abril que deixaram pelo menos 110 mortos, civis e militares, dos dois lados.

Cada país culpou o outro pela violação da trégua.

O cessar-fogo foi assinado em Moscou após vários dias de conflito no início de abril, os mais graves desde o primeiro cessar-fogo, concluído em 1994, após uma guerra que deixou 30.000 mortos e centenas de milhares de refugiados, principalmente azerbaijanos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s