EI diz ter executado tunisiano acusado de espionagem

No vídeo, é visto um homem em uniforme laranja ajoelhado e com os olhos vendados, diante de um grupo de combatentes armados

A facção líbia do grupo Estado Islâmico divulgou um vídeo que mostra a suposta execução de um cidadão tunisiano acusado de ser espião do governo reconhecido pela comunidade internacional.

No vídeo, é visto um homem em uniforme laranja ajoelhado e com os olhos vendados, diante de um grupo de combatentes armados, aparentemente na cidade líbia de Benghazi.

Um dos combatentes lê uma sentença de morte por espionagem e depois outro militante dispara várias vezes na cabeça do condenado enquanto grita “Alá é grande”.

Segundo o grupo, o condenado é um padeiro de 39 anos originário de Benghazi, a cidade onde começaram as revoltas de 2011 que derrubaram o ditador Muamar Kadhafi.

Desde a queda do regime, esse país se encontra mergulhado no caos e atualmente convivem dois governos que disputam o poder, enquanto proliferam grupos armados e organizações jihadistas que buscam aproveitar a riqueza petroleira e estabelecer uma base de operações.

A facção líbia do grupo EI anunciou em janeiro que havia executado dois jornalistas desaparecidos por um ano, mas o ministro das Relações Exteriores disse posteriormente que tinha provas irrefutáveis de que ainda estavam vivos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s