“El Chapo” é transferido para prisão na fronteira com os EUA

Ainda não se sabe se o próximo passo das autoridades será a extradição para os EUA

Cidade do México – As autoridades mexicanas transferiram neste sábado o narcotraficante Joaquín “El Chapo” Guzmán para uma prisão de segurança máxima em Ciudad Juárez, na fronteira com os Estados Unidos, em meio a rumores de sua possível extradição ao país vizinho.

“Ele foi levado a Ciudad Juárez de madrugada. Não posso confirmar se é para extraditá-lo ou para outra situação, embora seja forte o rumor que é para enviá-lo aos EUA. É forte o rumor de que há um esquema para efetuar a extradição”, disse uma fonte oficial, que preferiu não ser identificada, à Agência Efe.

Outra fonte disse à Efe que a Secretaria de Governo divulgará em breve um comunicado no qual explica que o líder do Cartel de Sinaloa foi levado ao Centro Federal de Readaptação Social por causa de obras no Planalto, prisão onde o narcotraficante estava preso.

“El Chapo” foi preso no Planalto, que fica na cidade de Almoloya de Juárez, após ter sido capturado em 8 de janeiro deste ano em seu estado natal, Sinaloa, seis meses depois de ter fugido do próprio centro de reclusão através de um túnel de 1,5 quilômetros que ligava sua cela com uma casa que estava em conclusão.

Desde a fuga no dia 11 de julho de 2015, a segunda depois da protagonizada em 2001 em outra prisão de segurança máxima de Jalisco, no oeste do México, foram realizadas obras nas imediações do Planalto. Fontes do governo federal explicaram na época que os sensores de movimento da prisão foram desligados durante semana por causa disso, já que tinham gerado falsos alarmes, o que facilitou a construção do túnel e a fuga de “El Chapo”.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, anunciou em janeiro deste ano que estava trabalhando para agilizar a extradição do narcotraficante aos EUA, onde “El Chapo” é acusado de vários crimes.

O líder do Cartel Sinaloa sempre temeu uma possível extradição aos EUA, mas, segundo seu advogado, José Refugio Rodríguez, no início de março o próprio “El Chapo” pediu que o processo fosse acelerado devido às condições na prisão do Planalto.

Após duas fugas, as autoridades mexicanas reforçaram as medidas de segurança sobre o narcotraficante para evitar uma terceira. Agora, há um homem 24 horas em frente a sua cela e uma mudança constante do local onde “El Chapo” é mantido dentro do presídio, medidas que fizeram a defesa alegar violações dos direitos humanos. EFE

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s