Elizabeth II se despede em Londres do presidente Xi Jinping

a soberana, de 89 anos, disse adeus a Xi e a sua esposa na entrada principal do palácio de Buckingham, onde o casal ficou por três noites

Londres – A rainha Elizabeth II da Inglaterra se despediu nesta quinta-feira do presidente da China, Xi Jinping, em uma cerimônia solene no palácio de Buckingham, onde Xi ficou hospedado durante sua visita de Estado ao Reino Unido.

Acompanhada por seu marido Felipe, duque de Edimburgo, a soberana, de 89 anos, disse adeus a Xi e a sua esposa, Peng Liyuan, na entrada principal do palácio de Buckingham, no centro de Londres, onde o casal ficou por três noites a convite da chefe do Estado.

Após se despedirem de seus anfitriões, Xi e Peng, que chegaram à capital britânica na segunda-feira, foram para seus próximos compromissos, antes de encerrarem amanhã a visita de Estado ao Reino Unido em que assinaram acordos comerciais e de investimento em energia nuclear.

Hoje eles ainda devem visitar a sede londrina da empresa de comunicações por satélite Inmarsat e assistir a uma conferência do Instituto Confúcio, o instituto cultural chinês, no University College London.

Mais tarde jantarão com o primeiro-ministro, o conservador David Cameron, em sua residência oficial campestre em Chequers, nos arredores de Londres.

Uma porta-voz de Cameron disse esperar que as conversas entre eles, que já se reuniram ontem em Downing Street, se centrem “em assuntos internacionais”.

Após a reunião de ontem, o presidente da China anunciou que Pequim investirá seis bilhões de libras (R$ 36 bilhões) na construção da primeira usina nuclear no Reino Unido em duas décadas, um projeto conjunto com a francesa EDF que estará concluído em 2025.

Cameron qualificou o acordo de “histórico”, que dará à estatal chinesa CGN uma participação de 33,5% no estratégico reator nuclear de Hinkley Point C, no sudoeste da Inglaterra, enquanto Xi afirmou que quer levar a relação com o Reino Unido “a novas alturas”.

Durante a viagem também foram assinados contratos comerciais bilaterais no valor de 30 bilhões de libras.

Amanhã Xi visitará a Universidade de Manchester antes de viajar de voltar à China desde o aeroporto dessa cidade do norte da Inglaterra.

Além dos lucrativos acordos, sua estadia no Reino Unido foi marcada pelas manifestações de opositores ao regime de Pequim e críticas a Cameron por não ter colocado com mais firmeza a preocupação com o estado dos direitos humanos na China.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s