Em dois anos, EI matou mais de 4 mil pessoas na Síria

Nesse último mês foram 80 assassinatos, que começaram na autoproclamação do califado em junho de 2014

Beirute – O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assassinou 80 pessoas no último mês na Síria, fazendo subir para 4.144 o número de mortos desde a autoproclamação de um califado em junho de 2014, conforme a apuração divulgado nesta sexta-feira pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Das vítimas no último mês, 37 eram civis; 24, membros do EI; seis, combatentes de facções rebeldes e das milícias curdo-sírias; 12, soldados das forças governamentais; e um soldado desertor.

Estas pessoas foram assassinadas nas províncias de Al Raqqa, Deir ez Zor e Al Hasaka, no nordeste da Síria; Aleppo, no noroeste; Homs, no centro; e na periferia de Damasco. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s