Espanha prende 2 supostos membros do Estado Islâmico

Supostos membros do EI: um homem e uma mulher do Marrocos foram presos

Madri – Duas pessoas foram detidas, na Catalunha e nas Ilhas Canárias, acusadas de fazer parte do grupo extremista Estado Islâmico e de recrutar e doutrinar milicianos extremistas, anunciou nesta terça-feira o Ministério do Interior da Espanha.

Os detidos, um homem e uma mulher, ambos de nacionalidade marroquina, trabalhavam dentro de uma rede “altamente profissionalizada”, disse o ministro do Interior, Jorge Fernández Díaz.

A dupla estaria, segundo o ministro, transmitindo “uma imagem idealizada de sua luta” para recrutar jovens espanhóis e treiná-los no uso de armas e explosivos, segundo comunicado oficial.

Os suspeitos, detidos nesta terça-feira em Mataró, no nordeste da Espanha, e na ilha canária de Fuerteventura, estavam “em contato permanente com outros membros localizados na Síria” e haviam feito público um juramento de lealdade ao grupo EI e a seus líder, Abu Bakr al-Baghadi.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s