Espanhol recria passos de Dom Quixote

Se o personagem do romance buscava aventuras inimagináveis, o ex-guarda desejava ter um tempo para refletir sobre suas dúvidas existenciais

Entre a realidade e a fantasia, ele resolveu misturar as duas.

José Ramón Gándara sonhava em ser policial, mas assim como Dom Quixote, que queria ser cavaleiro, o jovem falhou em seu objetivo.

Ele decidiu, porém, dar um novo tom à sua rotina e trocou sua vida cômoda na cidade para aventurar-se nos caminhos da obra de Cervantes.

O espanhol de 32 anos é designer gráfico e trabalhava como segurança em um hospital, mas decidiu largar o emprego para percorrer parte do trajeto feito por Dom Quixote. Se o personagem do romance buscava aventuras inimagináveis, o ex-guarda desejava ter um tempo para refletir sobre suas dúvidas existenciais.

De acordo com a Folha, ele disse que depois que leu o clássico de Miguel de Cervantes, em 2012, ficou “alucinado” com a história.

Três anos depois, Gándara decidiu refazer o percurso com a sua bicicleta e vestido com uma armadura feita por ele. Toda a aventura, que terminou em El Toboso, como no livro, foi devidamente fotografada e acompanhada pela leitura da obra. Em suas redes sociais, o viajante compartilhou momentos especiais da trajetória.

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1583543788611792&id=1462340937398745&substory_index=0 https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1578537532445751&id=1462340937398745&substory_index=0

Durante cinco dias intensos, ele percorreu 250 quilômetros e sete cidades.

Segundo a Folha, ele esperava chegar aos lugares e lia os trechos onde eles haviam acontecido. “Entrei na cidade à noite, bem como na cena do livro. Sentei na praça, em frente à catedral, e li por horas”, contou sobre sua experiência em El Toboso.

https://www.instagram.com/p/BEihnmArrAw/
https://www.instagram.com/p/_RAw01rrHY/

Talvez Gandára seja o exemplo clássico daquilo que Cervantes escreveu: “Aquele que lê muito e anda muito vê muito e sabe muito”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s