Estação de Budapeste reabre com acesso proibido a refugiados

Por enquanto os policiais não permitem o acesso dos refugiados, que permanecem diante do edifício pedindo que lhes deixem partir para a Alemanha

Budapeste – A estação ferroviária de Keleti, em Budapeste, foi reaberta após permanecer fechada pouco mais de uma hora, embora por enquanto não se permita o acesso às centenas de refugiados que esperam para subir em um trem que os leve aos países mais ricos da Europa.

Em entrevista à emissora pública “M1”, Viktor Vaczi, porta-voz da companhia estatal de trens húngara MAV, anunciou a reabertura da estação e confirmou que, após o fechamento temporário, esperam a ocorrência de grandes atrasos até entrada a noite.

Segundo a agência de notícias húngara “MTI”, por enquanto os policiais não permitem o acesso dos refugiados, que permanecem diante do edifício pedindo que lhes deixem partir para a Alemanha.

Nesta manhã a estação Keleti foi fechada depois que centenas de refugiados tentaram no subir nos trens rumo à Áustria e Alemanha.

Ontem, centenas de pessoas conseguiram partir em direção a seus destinos ansiados depois que a polícia húngara abandonou a vigilância de Keleti.

Agora, depois da reabertura da estação, muitos protestam diante do edifício, pedindo que lhes deixem entrar, de acordo com o portal “hvg”.

Muitos refugiados estavam há dias acampando na estação e protestando para que lhes permitam continuar sua viagem.

A Hungria, que pertence ao Espaço Schengen de livre trânsito comunitário, assegura que neste ano chegaram mais de 150.000 imigrantes a seu território.

O governo húngaro terminou no fim de semana passado a construção de uma cerca de um metro e meio de altura e de 175 quilômetros de extensão em sua fronteira com a Sérvia, enquanto continua a erguer um muro de quatro metros de altura, cujas obras espera concluir em novembro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s