Estado Islâmico confirma morte de seu chefe de propaganda

O Pentágono disse no mês passado que um ataque aéreo da coalizão liderada pelos EUA em 7 de setembro matou al-Fayad e que ele era ministro da Informação

Beirute – O Estado Islâmico confirmou nesta segunda-feira a morte de seu chefe de propaganda, quem o Pentágono disse que foi morto em um ataque aéreo liderado pelos Estados Unidos na província síria de Raqqa, no mês passado.

Um comunicado publicado online pelo grupo militante homenageou Wa’il Adil Hasan Salman al-Fayad, também conhecido como Abu Mohammed al-Furqan. A declaração não informa quando, onde ou como ele morreu.

O Pentágono disse no mês passado que um ataque aéreo da coalizão liderada pelos EUA em 7 de setembro matou al-Fayad e que ele era ministro da Informação, supervisionando a propaganda do Estado Islâmico, e um membro proeminente do seu Conselho Shura, ou grupo de liderança.

A declaração do Estado Islâmico se referiu a al-Fayad como chefe de seu braço de mídia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s