EUA vão soltar 15 presos de Guantánamo, diz Anistia

Se a soltura se confirmar, o número de reclusos nessa unidade prisional cairá para 61

Os Estados Unidos vão libertar 15 presos do presídio militar de Guantánamo (Cuba), instalação aberta após os atentados do 11 de Setembro para prender os detentos da “guerra contra o terrorismo” deflagrada pelo presidente George W. Bush – anunciou a ONG Anistia Internacional, nesta segunda-feira (15).

Se a soltura se confirmar, o número de reclusos nessa unidade prisional cairá para 61.

Desde 2009, quando chegou à Casa Branca, o presidente Barack Obama promete fechar o local. O Pentágono ainda não comentou a informação da Anistia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s