Europeus anunciam 1,5 milhão de euros em ajuda a refugiados

A ajuda humanitária anunciada para a Sérvia e Macedônia será destinada a cobrir serviços de emergência básicos tais como água potável, higiene, saúde e refúgios

Bruxelas – A Comissão Europeia (CE) anunciou nesta quarta-feira uma ajuda humanitária de 1,5 milhão de euros para ajudar refugiados e migrantes na Sérvia e Macedônia, às vésperas da cúpula dos Bálcãs ocidentais que será realizada amanhã em Viena e na qual participarão dois vice-presidentes e um comissário europeus.

“Hoje anunciamos uma ajuda humanitária de 1,5 milhão de euros para a Sérvia e Macedônia e certamente estamos preparados para amparar mais Bálcãs ocidentais”, disse em entrevista coletiva o comissário europeu de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, em representação dos máximos responsáveis da CE.

“Necessitamos de uma resposta europeia e do mais alto nível de cooperação com nossos vizinhos” para fazer frente à crise de refugiados, disse.

Na próxima semana, o presidente da CE, Jean-Claude Juncker, convidou os comissários ao tradicional seminário de início do curso legislativo em Bruxelas para abordar, entre outros assuntos, a crise migratória na Europa, explicou.

A ajuda humanitária anunciada para a Sérvia e Macedônia será destinada a cobrir serviços de emergência básicos tais como água potável, higiene, cuidado de saúde, refúgios e proteção aos refugiados e migrantes, melhora de centros de recepção, e coordenação e informação sobre assuntos migratórios na região.

O comissário europeu de Ajuda Humanitária e Gestão de Crise, Christos Stylianides, disse em comunicado que “os Bálcãs ocidentais estão fazendo frente a um número sem precedentes de refugiados e migrantes que transitam por seu território” rumo a outros países da União Europeia.

Stylianides acrescentou que a UE está “aumentando a ajuda humanitária para contribuir com assistência urgente”.

No total a assistência humanitária para refugiados e migrantes vulneráveis nesses dois países ascende até agora a 1,74 milhão de euros, indicou o Executivo comunitário.

O anúncio ocorre na véspera da cúpula com os Bálcãs ocidentais em Viena.

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, o vice-presidente para a União Energética, Maros Sefcovic, e o comissário para a Política de Vizinhança e Negociações para a Ampliação, Johannes Hahn, representarão à CE nesta conferência, que será presidida pelo chanceler federal da Áustria, Werner Faymann.

Na cúpula participarão os primeiros-ministros da Albânia, Macedônia, Kosovo, Montenegro, Sérvia e Bósnia-Herzegovina e também os máximos responsáveis da Alemanha, França, Itália, Croácia e Eslovênia.

A cúpula ocorre antes da conferência que será realizada em outubro em Budapeste sobre o problema migratório.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s