Farc querem paz e usarão palavra para construi-la, diz líder

A guerrilha deve, após esta primeira reflexão, realizar uma reunião para "analisar com calma todos os detalhes" do resultado da consulta popular

Havana – O líder das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como “Timochenko”, afirmou neste domingo em Havana que essa organização mantém “sua vontade de paz” “e sua disposição de usar somente a palavra como arma de construção em direção ao futuro”.

“As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia lamentam profundamente que o poder destrutivo dos que semeiam ódio e rancor tenha influenciado na opinião da população colombiana”, disse “Timochenko” em sua primeira declaração após a vitória do “não” no referendo sobre o acordo de paz na Colômbia.

A guerrilha deve, após esta primeira reflexão, realizar uma reunião para “analisar com calma todos os detalhes” do resultado da consulta popular.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s