França anuncia três prisões ligadas a assassino de policial

Os três homens detidos já haviam sido condenados por atos de caráter terrorista e, segundo uma fonte policial, vigiaram as vítimas

A polícia francesa anunciou a detenção de três pessoas ligadas a Larossi Abballa, o homem que matou um policial e sua companheira na semana passada, que podem ter ajudado o assassino a encontrar as vítimas.

Os três homens detidos já haviam sido condenados por atos de caráter terrorista e, segundo uma fonte policial, vigiaram as vítimas, Jean-Baptiste Salvaing e Jessica Schneider.

Os crimes aconteceram em 13 de junho em Magnanville, perto de Paris. Abballa, de 25 anos, reivindicou os assassinatos em nome do grupo Estado Islâmico (EI). Ele morreu pouco depois em uma operação policial.

Outras duas pessoas, Saad Rajraji e Sharaf-Din Aberouz, de 27 e 29 anos, foram detidas no sábado como parte da investigação por “associação de criminosos terroristas”, mas até o momento não foram envolvidos diretamente nos assassinatos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s