Furacão Patricia é “ameaça de grande escala”, diz presidente

O presidente do México declarou que o país "enfrenta uma ameaça de grande escala" pelo furacão, que atingirá o oeste do país nas próximas horas

Cidade do México – O presidente do México, Enrique Peña Nieto, declarou nesta sexta-feira que o país “enfrenta uma ameaça de grande escala” pelo furacão Patricia, que atingirá o oeste do país nas próximas horas, e destacou que a prioridade é “proteger e salvar a vida dos mexicanos”.

Peña Nieto afirmou pela rede social Twitter que o governo “está tomando todas as medidas preventivas necessárias para enfrentar esta emergência extraordinária”.

A prioridade “é proteger e salvar a vida dos mexicanos”, comentou após lembrar que os especialistas da Comissão Nacional de Água (Conagua) consideram que Patricia é o furacão “mais perigoso já registrado no mundo”, com ventos sustentados de 325 km/h.

O líder mexicano pediu às famílias que “tenham muita precaução” e se refugiem em “algum lugar seguro”, e disse que ordenou à Secretaria de Defesa, à Marinha e à Polícia Federal que aumentem a presença na região para apoiar a população.

Os ministros de Agricultura, José Calzada; de Turismo, Enrique de la Madrid; e de Comunicações e Transportes, Gerardo Ruiz Esparza, “coordenam os trabalhos de prevenção e atendimento em Colima, Nayari e Jalisco”, os estados do oeste do México mais vulneráveis à chegada do fenômeno meteorológico.

Peña Nieto comandará nesta tarde uma reunião extraordinária do Conselho Nacional de Segurança para coordenar as medidas para enfrentar a situação de emergência. A reunião será feita no Centro de Inteligência da Comissão Nacional de Segurança, conforme informou a presidência em comunicado.

O presidente, que já participou de uma reunião com os integrantes de seu gabinete nesta madrugada para definir as medidas de emergência, cancelou o evento que tinha programado para hoje em comemoração do “Dia do Médico”.

A expectativa é que Patricia, localizada 135 quilômetros ao sudoeste de Manzanillo (Colima), toque a terra em cinco ou seis horas em Playa Perula e Playa Chamela, no sul de Jalisco, como um furacão categoria 5, a máxima na escala Saffir-Simpson.

A Defesa Civil mantém o alerta vermelho (perigo máximo) em Colima, no centro e no litoral de Jalisco, no centro e sul de Nayari e de Michoacán.

Em alerta laranja (perigo alto) se encontram o norte de Jalisco e de Nayari, o sul de Durango e de Sinaloa, Zacatecas, Aguascalientes, o oeste de Guerrero, o norte de Michoacán e as Islas Marias e Marietas.

Texto atualizado às 17h32

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s