Homem preso injustamente e policial agora são amigos

Imagine a cena: um policial falsifica uma denúncia de tráfico de drogas e um homem inocente é julgado e condenado à prisão

Imagine a cena: um policial falsifica uma denúncia de tráfico de drogas e um homem inocente é julgado e condenado à prisão.

O homem inocente é preso, tem seus sonhos interrompidos e sua vida revirada de cabeça para baixo. Algum tempo depois, a dupla se reencontra numa dessas reviravoltas da vida: Ambos se tornam colegas de trabalho em um café. O que acontece? O perdão.

Parece história de filme, mas este é um exemplo real de como o diálogo entre duas pessoas pode resolver conflitos aparentemente sem solução.

O caso envolve Jameel McGee e Andrew Collins, moradores de Benton Harbor, em Michigan.

Em 2005, Collins foi o responsável por produzir os relatórios sobre tráfico de drogas que culpavam McGee, e a pena prevista era de quatro anos de prisão.

Mais tarde, detalhes sobre o comportamento duvidoso do policial vieram à tona e ele foi investigado e preso por falsificação de vários relatórios policiais, plantar provas falsas e roubar quantias dos cofres públicos.

Em entrevista ao jornal local The Herald Palladium, Collins se diz arrependido de todas as suas atitudes:

“Eu roubei dinheiro de pessoas e da cidade para qual eu trabalhava. Eu era o mais baixo dos baixos. Em meu estado atual, quando eu olho para trás, eu vejo que fui o pior do que você pode esperar de um policial.”

Após a verdade vir à tona, McGee foi totalmente liberado das acusações, mas o estrago já havia sido feito e ele se sentia injustiçado, de acordo com seu depoimento à CBS News.

“Eu perdi tudo. O que eu mais queria era encontrar o policial e poder machucá-lo.”

Quando este encontro finalmente aconteceu, o que ocorreu foi o oposto. Eles passaram a trabalhar juntos em um café da cidade, por coincidência, e, por meio do diálogo, conseguiram acertar as suas diferenças.

“Eu não tinha o que dizer para ele, honestamente. Tudo o que eu poderia fazer era pedir desculpas”, disse Collins à CBS.

Para McGee, a sinceridade do policial foi suficiente. Ele perdoou o ex-policial e disse que, depois desta conversa, eles encontraram diversos interesses em comum. Segundo a dupla, agora, a missão deles é espalhar o poder do perdão.

“Nós temos esta missão conjunta, agora, de deixar o mundo saber que se você deve um pedido de desculpas a alguém, coloque o seu orgulho de lado e vá pedir desculpas.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s