Hungria fará referendo sobre plano para distribuir migrantes

Apesar da oposição de vários Estados membros, incluindo a Hungria, Polônia e Eslováquia, a UE adotou um plano sobre a distribuição de 160.000 refugiados

A Hungria vai realizar um referendo sobre o plano europeu que obriga os países da União Europeia a aceitar cotas de acolhida de migrantes, anunciou nesta quarta-feira o primeiro-ministro Viktor Orban.

“O governo decidiu submeter a referendo a questão da repartição obrigatória de cotas de refugiados”, afirmou Orban à imprensa sem informar a data da consulta.

Apesar da oposição de vários Estados membros, incluindo a Hungria, Polônia e Eslováquia, a UE adotou um plano sobre a distribuição de 160.000 refugiados para aliviar países como Grécia, Itália e Alemanha, que absorvem a maior parte dos migrantes.

Mais informações em instantes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s