Imigração é ponto decisivo sobre saída da UE, diz Crabb

O primeiro candidato oficial para suceder Cameron admitiu que seria desafiador conciliar o controle da imigração com o pleno acesso ao mercado comum

Londres – O Reino Unido precisa manter o controle sobre a imigração nas negociações sobre a desfiliação britânica da União Europeia, disse nesta quarta-feira Stephen Crabb, o primeiro candidato oficial a se apresentar para suceder o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Secretário do Trabalho e da Previdência do Reino Unido, Crabb, que defendeu a permanência do Reino Unido no referendo da semana passada, descartou realizar outra votação e disse que seu Partido Conservador e o país precisam agora se unir e se concentrar na negociação do melhor acordo possível para a saída do bloco.

Cameron, que liderou a campanha pela permanência, anunciou sua renúncia depois que os britânicos escolheram o rompimento com 52 por cento de votos favoráveis à saída em um referendo. Os governistas conservadores irão escolher uma nova liderança até o começo de setembro.

Crabb, parlamentar desde 2005, disse ser vital que o Reino Unido busque um relacionamento econômico tão estreito com a UE quanto teve até hoje, mas que também está claro que é necessário adotar limites para a imigração.

“O povo britânico quer ter controle sobre a imigração… para nós, essa é a linha limite”, afirmou Crabb ao lançar sua postulação a uma candidatura a premiê.

“O Brexit (saída da UE) precisa cumprir o que promete”, disse, acrescentando que a nação deveria iniciar discussões sobre um acordo de livre comércio com a UE imediatamente e que exigiria a supremacia da lei britânica sobre a lei do bloco.

Ele admitiu que seria desafiador conciliar o controle da imigração com o pleno acesso ao mercado comum, mas que a tarefa de um governo futuro “deve ser obter uma série de arranjos que se aproxime tanto quanto possível do que temos atualmente”.

O referendo de separação desencadeou uma das maiores crises do Reino Unido nos tempos modernos, fazendo os dois grandes partidos mergulharem em um turbilhão, dilapidando as ações globais no valor recorde de 3 trilhões de dólares e fazendo a libra esterlina cair para seu nível mas baixo em uma geração.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s