Imigrantes na entrada do Eurotúnel provocam caos ferroviário

Centenas de pessoas permaneciam bloqueadas na estação de Calais-Frethun, a última antes da entrada do túnel, em consequência da presença de intrusos nas vias

A entrada de imigrantes nas vias do túnel sob o Canal da Mancha bloqueou vários trens da Eurostar na madrugada desta quarta-feira e os passageiros de um dos trens foram obrigados a passar toda a noite em uma estação.

Às 7h00 locais, centenas de pessoas permaneciam bloqueadas na estação de Calais-Frethun, a última antes da entrada do túnel, em consequência da presença de intrusos nas vias, afirmou uma fonte da Eurostar.

“A situação é complicada”, disse a mesma fonte, antes de informar que os passageiros receberam alimentos e água.

“Os serviços de emergência também estão no local para as pessoas que precisam de ajuda, sobretudo as mais idosas”, completou.

O Eurostar saiu às 19H42 da estação Norte de Paris e se deteve às 21H30 na entrada do Eurotúnel, antes de ser rebocado para a estação de Calais-Frethun.

Uma passageira do trem, Géraldine Guyon, disse que ao contrário do que informou a Eurostar as pessoas não haviam recebido alimentos até 7h30 e não receberam informações durante toda a noite.

A Eurostar não revelou o número exato de pessoas no trem bloqueado, mas afirmou que não poderia superar a 750, a capacidade máxima da composição.

“Ficamos quase quatro horas ao lado do túnel. Vimos policiais passando correndo pelo trem”, disse Clothilde, uma francesa de 23 anos que mora em Londres.

“Não vimos imigrantes, mas sabíamos que havia no teto e esperamos um helicóptero para assegurar”, completou.

“Os passageiros não estavam autorizados a sair da estação, exceto para pegar um táxi na entrada”, disse.

A situação era muito tensa na estação, que fica em pleno campo, a poucos quilômetros da cidade de Calais e perto da entrada do túnel sob o Canal da Mancha.

Outra passageira afirmou que viu pessoas correndo, provavelmente imigrantes, e policiais nas imediações da estação.

Outros cinco Eurostar foram bloqueados na entrada do túnel devido à presença de “intrusos nas linhas” no lado francês, segundo o serviço de comunicação da Eurostar. Os incidentes começaram às 22h30 (17H30 Brasília).

“Várias pessoas invadiram as linhas e obrigaram um trem a frear na entrada do túnel no lado francês”, disse à AFP um porta-voz regional da companhia ferroviária francesa (SNCF).

“Assim que o trem parou, a polícia agiu para retirar os intrusos e isto bloqueou os Eurostar que estavam a caminho de Londres, com o corte de energia por razões de segurança. A zona foi liberada pelas forças da ordem à 01H30” (20H30 Brasília).

No total, seis trens foram afetados pelo bloqueio do túnel: o que está na estação Calais-Frethun, dois que retornaram diretamente para Paris e Londres, e três que, depois de aguardar a liberação das linhas, seguiram para a capital britânica.

Cerca de 3.000 imigrantes, provenientes principalmente da África estão presentes em Calais e arredores com a intenção de chegar à Inglaterra, que consideram um Eldorado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s