Jornalista morre em explosão de bomba em carro na Ucrânia

Um responsável do ministério do Interior disse que o explosivo era o equivalente a entre 400 e 600 gramas de TNT, acionado provavelmente à distância

O conhecido jornalista Pavel Sheremet morreu nesta quarta-feira após a explosão de uma bomba em seu carro em pleno centro de Kiev.

Sheremet nasceu em Belarus, mas tinha nacionalidade russa e trabalhava para o influente site Ukrainska Pravda.

O veículo, incendiado e com as portas abertas pela explosão, seguia nesta quarta-feira em uma rua de Kiev isolado por um cordão policial.

“A morte de Pavel Sheremet é resultado de um artefato explosivo. É um assassinato”, escreveu no Facebook o procurador-geral Yuriy Lutsenk.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, classificou sua morte como um crime e uma tragédia.

Por sua vez, um responsável do ministério do Interior, Zoryan Shkirya, disse que o explosivo era o equivalente a entre 400 e 600 gramas de TNT, acionado provavelmente à distância.

“Estamos analisando todas as hipóteses possíveis sobre este crime horrível”, disse Shkiryak no Facebook, indicando que vários especialistas em explosivos seguem no local. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s