Londres pode sofrer ataques como os de Paris, diz governo

Ministro da Defesa do Reino Unido afirmou que ataques terroristas como os de Paris podem "facilmente" ocorrer em cidades como Londres, Manchester e Glasgow

Londres – O ministro da Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, alertou em entrevista publicada neste domingo pelo jornal “The Sunday Telegraph” que ataques terroristas como os de Paris podem “facilmente” ocorrer em cidades como Londres, Manchester e Glasgow.

“O que ocorreu em Paris e Bruxelas poderia acontecer facilmente em Londres. A ameaça do Estado Islâmico (EI) sobre o Reino Unido é extremamente alta”, assinalou Fallon, que defende a necessidade de que o exército britânico intervenha contra os jihadistas na Síria.

“Infelizmente, é preciso estar pronto para usar a força contra o EI. Estão assassinando pessoas com armas semiautomáticas. Civis completamente inocentes que tinham saído à noite em Paris. Não é gente com a qual se possa negociar, só podemos lidar com eles com a força”, sustentou o titular da Defesa do Reino Unido.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, planeja pedir nos próximos dias ao parlamento seu beneplácito para estender à Síria os ataques contra posições do Estado Islâmico que o Reino Unido realiza no Iraque desde setembro de 2014, um propósito que dividiu a oposição.

O líder do opositor Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, se posiciona contra esses bombardeios, embora alguns dirigentes de sua legenda tenham se mostrado a favor e pedido liberdade de voto na Câmara dos Comuns para poder apoiar a proposta de Cameron.

“É preciso respeitar seus pontos de vista – disse Fallon sobre Corbyn -. É contra utilizar a força armada em praticamente qualquer circunstância”.

“Espero que todos os deputados avaliem os argumentos apresentados. Devem manter-nos seguros no Reino Unido, dar resposta à resolução das Nações Unidas e ao pedido da França para que lhe prestemos socorro”, lembrou o ministro da Defesa.

Fallon ressaltou que “as forças de segurança britânicas trabalham extremamente duro para proteger os britânicos, mas não se pode descartar um ataque similar” aos de Paris.

“É preciso estar pronto para responder. A ameaça do Estado Islâmico é tão potente aqui como era real em Paris e Bruxelas. Poderia ser em Londres, poderia ser em Manchester, poderia ser em Glasgow”, disse o ministro.

“Vimos ameaças a shoppings no passado. Há terroristas condenados por ameaçar shoppings, mas não podemos nos acovardar perante esses riscos, a vida deve continuar”, concluiu.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s