Luta pelo clima é questão de sobrevivência, diz Merkel

"O acordo de Paris nos mostra o caminho, mas ainda não começamos a percorrê-lo", advertiu a chanceler perante delegados de 35 países

Berlim – A chanceler alemã, Angela Merkel, qualificou nesta terça-feira a luta contra a mudança climática como “uma questão de sobrevivência” e pediu que seja seguido o caminho traçado pelo acordo de Paris para deter o aquecimento do planeta.

“Não é exagerado dizer que a luta contra a mudança climática é uma questão de sobrevivência”, disse Merkel em um discurso no sétimo Diálogo sobre o Clima de Petersberg, um fórum criado para impulsionar as negociações a respeito.

“O acordo de Paris nos mostra o caminho, mas ainda não começamos a percorrê-lo”, advertiu a chanceler perante delegados de 35 países.

A reunião serve para preparar a próxima cúpula sobre o clima no Marrocos e nela participaram, entre outros, a diretora saliente do Secretariado Permanente para o Clima da ONU, Cristina Figueres, e sua sucessora, Patricia Espinosa.

A política alemã admitiu que, depois do acordo de Paris, há razões para o otimismo e começou lembrando qual era a situação a última vez que o fórum ocorreu quando predominava a incerteza.

“Me recordo de quando nos reunimos no ano passado, tínhamos a incerteza sobre o que ia ocorrer na próxima conferência sobre a mudança climática”, disse.

“Agora temos que agradecer o governo francês por ter impulsionado este acordo”, acrescentou.

O acordo de Paris, segundo Merkel, abre uma nova era na luta contra a mudança climática.

“Todos os países se comprometeram a deter a mudança climática e a fazer seus esforços para isso. É um sinal de esperança e pode melhorar a vida de milhões de pessoas”, disse.

“Muitos atores que durante muito tempo não se envolveram muito neste processo, foram importantes. Penso por exemplo nos EUA.”, afirmou a política alemã.

Merkel acrescentou que, no entanto, agora vêm os desafios da implementação e, apesar de haver razões de otimismo em parte pelas transformações que estão sendo vistas com os impulsos às energias renováveis em muitas partes do mundo, também são necessárias mudanças em outros setores.

“Estamos avançando, mas são necessárias mudanças em todos os setores, não só na produção de energia, mas também no transporte e nos lares”, indicou.

Um questão fundamental para a líder alemã é o financiamento e os investimentos realizados em projetos que ajudem a deter o aquecimento global.

Nisso, segundo Merkel, o setor financeiro pode desempenhar um papel importante e positivo

“Já que o sistema financeiro global nos deixou tantas cargas, seria bom que na proteção do clima tivesse um papel mais positivo que o que teve durante a crise financeira de 2008 e 2009”, disse. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s