Macri pode ser investigado por hospedagem em casa de magnata

Foi solicitado que o Escritório Anticorrupção averigue o uso que o presidente e sua família fizeram durante a Semana Santa do imóvel de Lewis

Buenos Aires – O deputado kirchnerista Martín Doñate solicitou que o presidente da Argentina, Mauricio Macri, seja investigado por um crime de suborno envolvendo sua estadia em um sítio do magnata britânico Joe Lewis no sul do país, confirmaram nesta quinta-feira à Agência Efe fontes dessa bancada parlamentar.

Doñate fez uma apresentação nesta quinta-feira perante o Escritório Anticorrupção argentino para que o organismo averigue o uso que o presidente e sua família fizeram durante a Semana Santa do imóvel de Lewis, localizado na região de Lago Escondido, na província de Río Negro.

Macri viajou até essa região para acompanhar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que, após a visita oficial a Buenos Aires na semana passada, passou uma dia de descanso em Río Negro.

Enquanto a família presidencial dos EUA escolheu o hotel Llao Llao como alojamento, Macri optou pela residência do empresário britânico, o que suscitou críticas em parte da oposição.

“O magnata inglês Joseph Lewis, além de ser proprietário de uma enorme e paradisíaca estadia na cordilheira de Río Negro, onde está denunciado pela apropriação ilegal do emblemático recurso aqüífero Lago Escondido, é acionista da Edenor e da Transener (através da empresa Pampa Holding), duas empresas concessionárias do Estado”, explicou a bancada kirchnerista em comunicado.

O pedido de Doñate denuncia um “absoluto avassalamento das normas jurídicas, éticas e morais” por parte de Macri ao “aceitar o convite destas férias pagas ao sítio de um dos empresários estrangeiros que é parte acionária de empresas de serviços públicos que devem ser reguladas pelo governo”.

Além disso, o deputado cursou uma solicitação à Secretaria Geral de presidência para que apresente relatório sobre os dados referentes à viagem do presidente. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s