EUA alertam sobre chegada de furacão Madeline ao Havaí

O NHC decretou alerta por tempestade tropical para as cinco ilhas mais ao leste do arquipélago, enquanto para o Havaí também está vigente um alerta por furacão

Washington, 30 ago (EFE).- O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos(NHC) alertou sobre a chegada do furacão Madeline, de categoria 3, nesta quarta-feira ao arquipélago do Havaí.

De acordo com organismo, às 15h GMT (meio-dia em Brasília) de hoje o furacão estava a 715 quilômetros ao leste de Hilo, na parte mais oriental do arquipélago, e a 1.025 quilômetros da capital, Honolulu.

Madeline avança na direção oeste com ventos constantes de até 195 km/h a uma velocidade de 17 km/h. O NHC decretou um alerta por tempestade tropical para as cinco ilhas mais ao leste do arquipélago, enquanto para o Havaí, a mais próxima ao continente, também está vigente um alerta por furacão.

Em todas elas são esperados ventos fortes, destruição no litoral e chuvas intensas amanhã e quinta-feira, dia no qual Madeline começará a perder força.

A Guarda Costeira dos Estados Unidos pediu aos moradores do Havaí, especialmente marinheiros e banhistas, para que se prepararem para a chegada do furacão.

“Aos proprietários de grandes embarcações pedimos para que levem seus navios a portos seguros nos quais estarão menos expostos”, apontou a Guarda Costeira, enquanto os donos de pequenas embarcações foram orientados a retirá-los da água e guardá-los em locais cobertos.

Já para os banhistas a recomendação da Guarda Costeira é “prestar atenção às advertências dos socorristas” e ao resto das autoridades.

“Mesmo que as condições meteorológicas possam parecer favoráveis, as marés altas e as ondas grandes podem atingir as praias antes que a tempestade chegue. Até mesmo os melhores nadadores podem ser vítimas das ondas e da correnteza”, advertiu o órgão.

A Guarda Costeira alertou “pode ser que os serviços de emergência não sejam capazes de ajudar às pessoas em perigo”, por isso insistiu às pessoas “prestem atenção a todas as ordens de evacuação” e às embarcações “a buscar portos seguros e abrigos”.

A chegada de Madeline ao Havaí coincidirá com a visita do presidente americano, Barack Obama, ao arquipélago.

Amanhã, Obama participará da Conferência de Líderes das Ilhas do Pacífico, dentro do Congresso Mundial da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) em Honolulu, enquanto na quinta-feira falará sobre a recente criação da maior área marinha protegida do mundo (Monumento Nacional Papahanaumokuakea) no arquipélago. 

Texto atualizado às 13h21

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s