Madri diz que Abaaoud queria recrutar espanholas para o EI

Ministro espanhol afirmou que Abdelhamid Abaaoud, tentou recrutar pessoas, espanhóis e principalmente mulheres, para que fossem combater com o EI

O ministro espanhol do Interior, Jorge Fernandez Diaz, anunciou nesta quinta-feira que o suspeito da autoria dos atentados de Paris, Abdelhamid Abaaoud, tentou recrutar, via internet, mulheres residentes na Espanha para que se unissem ao Estado Islâmico (EI) na Síria.

“Esta pessoa, Abdelhamid Abaaoud, tentou recrutar pessoas, espanhóis e principalmente mulheres, para que fossem combater com o Daesh (acrônimo árabe do EI) na zona de conflito. Não para realizar atentados na Espanha, disso não temos conhecimento”, afirmou.

“Ultimamente, o Daesh se especializou em recrutar mulheres. Eles acham que os mujahedines devem ter mulheres para reproduzir para o califado islâmico” instalado em 2014 em territórios que controlam na Síria e no Iraque.

Nos últimos meses, a polícia espanhola interpelou várias adolescentes que pretendiam se unir ao EI.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s