MSF entregam petição aos EUA sobre bombardeio a hospital

Em 3 de outubro, um ataque aéreo norte-americano a um hospital da organização durante uma ofensiva contra os talibãs provocou a morte a 30 pessoas

A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) entregou nessa quarta-feira (9) uma petição à Casa Branca, com 547 mil assinaturas, para pedir uma investigação independente sobre o bombardeio norte-americano a um de seus hospitais no Afeganistão.

Em 3 de outubro, um ataque aéreo norte-americano a um hospital da organização durante uma ofensiva contra os talibãs, a norte na cidade de Kunduz, provocou a morte a 30 pessoas e obrigou a unidade – a única na região – a ser fechada.

Os Estados Unidos admitiram que o bombardeio ao hospital dos Médicos Sem Fronteiras se deveu a um erro humano “trágico” e que os militares responsáveis foram suspensos.

Essa foi é uma das principais conclusões da investigação interna realizada pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos para esclarecer o bombardeio do hospital no Afeganistão.

“Não é suficiente que os perpetradores dos ataques a instalações médicas sejam os únicos investigadores”, disse Jason Cone, diretor executivo da MSF-EUA, num comunicado, apontando que apenas uma investigação independente por parte de um organismo internacional pode “restaurar a confiança” nos “compromissos dos Estados Unidos de apoiar as leis da guerra que proíbem tais ataques contra hospitais nos termos mais veementes”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s