Mulher do autor do massacre de Orlando pode ser indiciada

Vários jornais indicaram que Noor levou seu marido de carro até a boate voltada ao público gay Pulse, onde ele cometeu o atentado

Miami – Noor Mateen, a esposa de Omar Mir Seddique Matteen, o autor do massacre em Orlando, pode ser acusada criminalmente, caso seja comprovado que ela sabia das intenções de seu marido e se calou, revelou nesta terça-feira a imprensa local.

Em declarações ao canal “ABC News”, um agente da polícia afirmou que Noor Mateen, de 30 anos, “poderia saber com antecedência sobre o incidente (o ataque na boate)”, apesar de ter tentado convencê-lo a desistir da ideia.

Vários jornais indicaram que Noor levou seu marido de carro até a boate voltada ao público gay Pulse, onde ele cometeu o atentado terrorista que matou 49 pessoas e deixou 53 feridas.

Mateen, o autor do tiroteio, de 29 anos e nascido em Nova York, morreu em um confronto com a Polícia após manter reféns na boate.

Mais cedo, o Hospital Orlando Health, onde a maioria dos feridos foi atendida, informou que há 27 pessoas internadas, seis delas em estado grave.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s