Mulher sul-africana tenta vender filho na internet

Uma mulher sul-africana compareceu a um tribunal por ser acusada de tentar vender seu bebê de 19 meses na internet por 5.000 rands (380 dólares)

Johanesburgo – Uma mulher sul-africana compareceu nesta sexta-feira a um tribunal por ser acusada de tentar vender seu bebê de 19 meses na internet por 5.000 rands (380 dólares) – informaram as autoridades da África do Sul.

A polícia, que impediu a tentativa, foi alertada de que a mulher, de 20 anos, teria colocado o filho à venda no site de publicidade Gumtree.

“Nos encontramos com ela e houve uma entrega de dinheiro, através de um agente disfarçado”, explicou à AFP Hangwani Mulaudzi, porta-voz da unidade de investigação de delitos especiais.

Após o encontro, a polícia prendeu a mulher em flagrante.

Ela compareceu a um tribunal de Pietermaritzburg, na província de KwaZulu-Natal, acusada de tráfico de seres humanos. A vista foi postergada até 26 de outubro.

A criança está em bom estado de saúde, e foi entregue aos serviços de assistência social do estado.

O aborto é legal na África do Sul desde 1996.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s