Município japonês começa a reconhecer união homossexual

Hiroko Masuhara, de 37 anos, e Koyuki Higashi, de 30, foram o primeiro casal a obter o documento, com o qual posaram para emissoras de televisão

O município de Shibuya, do distrito de Tóquio, começou hoje (5) a despachar os primeiros certificados do Japão que reconhecem a união civil de casais do mesmo sexo, um importante precedente no país, que não prevê o casamento homossexual.

Hiroko Masuhara, de 37 anos, e Koyuki Higashi, de 30, foram o primeiro casal a obter o documento, com o qual posaram para emissoras de televisão.

As mulheres pediram o certificado em 28 de outubro deste ano, dia em que o município começou a aceitar as solicitações de certificados.

“Espero que isso sirva para dar maior visibilidade aos casais do mesmo sexo”, afirmou Masuhara, segundo informações divulgadas pela agência de nóticias Kyodo. Para Higashi, trata-se “de um grande passo”.

O certificado é assinado por Ken Hasebe, o político que impulsionou, de forma pioneira no Japão, o reconhecimento desses casais. Ele foi eleito presidente do município nas eleições de abril deste ano, informou a agência.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s