Na Alepo evacuada, restam as dúvidas

Será o fim do terror? O projeto para evacuar a população civil da zona de conflito na cidade de Alepo deve terminar nesta quarta-feira, segundo diversas autoridades. O ministro das relações exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, é um dos que confirma a mensagem. Ontem, ele afirmou que 37.500 pessoas foram retiradas da área de risco.

Apesar do cessar-fogo e do avanço para retirar civis de uma das regiões mais castigadas do planeta, sobram as dúvidas de quão longe o conflito sírio ainda está de seu final. Há relatos de que os soldados do exército do regime de Bashar al-Assad, ameaçam invadir a região da cidade onde estão os rebeldes. O exército dos rebeldes anti-governo afirma que só deixará a cidade quando todos os civis que quiserem sair deixarem o lugar.

No fim das contas, o governo de al-Assad recupera uma cidade importante para o regime e para a estratégia de combate ao Estado Islâmico e aos rebeldes que combatem o governo. Alepo, hoje, é o que sobrou da maior cidade da Síria, depois de um conflito que já deixou quase 5 milhões de refugiados e mais de 430.000 mortos.

Ontem, ministros de Rússia, Irã e Turquia deixaram de lado o assassinato do embaixador russo na Turquia, Andrey Karlov, para discutir a continuidade do cessar-fogo e a retirada dos civis de Aleppo. “Nós, vocês e a Turquia fomos capazes de trabalhar juntos nos últimos cinco dias para facilitar a saída de inocentes, e também de terroristas, de Alepo”, disse Mohammad Javad Zarif, o ministro de Defesa do Irã, a Sergey Lavrov, o ministro russo. Os três assinaram a Declaração de Moscou, um documento de “extrema importância, que irá promover a base para encerrar o conflito sírio”, disseram.

Quanto aos civis de Aleppo, a maioria saiu de suas casas para compor a estatística de refugiados. Se algo está longe de acabar, são as consequências de uma guerra devastadora.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s