Na Otan, Turquia se mantém firme sobre avião russo abatido

"Nenhum país deve pedir para nos desculparmos", disse o primeiro-ministro a repórteres

Bruxelas – O premiê da Turquia, Ahmet Davutoglu, rejeitou nesta segunda-feira qualquer sugestão de que Ancara deveria pedir desculpas pelo abatimento de um avião de guerra russo em espaço aéreo turco na semana passada, após ganhar forte apoio da Otan pelo direito de se defender.

“Nenhum país deve pedir para nos desculparmos”, disse o primeiro-ministro a repórteres após encontro com o secretário-geral da Otan na sede da aliança, em Bruxelas.

Davutoglu também alertou que tais incidentes continuarão sendo um risco enquanto os bombardeios da Rússia e da aliança liderada pelos Estados Unidos contra o Estado Islâmico na Síria forem separados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s