Não há provas de que houve orientação extremista, diz Obama

"Neste estágio não vemos evidências claras de que ele foi direcionado" por extremistas, disse Obama a repórteres, falando no Salão Oval da Casa Branca

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que não há evidências claras de que o atirador do massacre de domingo em Orlando, na Flórida, foi orientado por uma rede terrorista para cometer o ataque.

“Neste estágio não vemos evidências claras de que ele foi direcionado” por extremistas, disse Obama a repórteres, falando no Salão Oval da Casa Branca.

Obama afirmou ainda que o atirador, Omar Mateen, foi “inspirado por diversas informações extremistas que foram disseminadas pela Internet”. 

Mais informações em instantes

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s