Número de casos de zika na Espanha aumenta para 229

Embora o quadro clínico da doença seja leve, o caso das grávidas é mais preocupante pois há grande suspeita de que o vírus da zika possa provocar microcefalia

Madri – O número de casos de zika vírus diagnosticados na Espanha subiu de 219 para 229 e, destes, 37 correspondem a mulheres grávidas que estão tendo acompanhamento médico, de acordo com protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde espanhol.

Embora o quadro clínico da doença seja leve, o caso das grávidas é mais preocupante pois há grande suspeita de que o vírus da zika possa provocar microcefalia e outras alterações neurológicas nos bebês.

A maioria dos casos, apenas um deles autóctone, foram diagnosticados na região da Catalunha e Madri, com 87 e 58 pacientes, respectivamente.

No dia 25 de julho deste ano, nasceu em Barcelona o primeiro bebê europeu com microcefalia e outras má formações depois de sua mãe ter contraído o vírus em uma viagem à América Latina.

O vírus da zika apresenta sintomas semelhantes ao da gripe, mal-estar generalizado e pequenas erupções na pele com coceiras que desaparecem em quatro ou cinco dias, embora alguns infectados sequer apresentem sintomas. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s