Obama anuncia regra para limitar emissões de carbono

O presidente anunciou pela primeira vez na história dos EUA limites do governo sobre emissões de carbono geradas por usinas de energia

Washington – O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou pela primeira vez na história do país limites do governo federal sobre emissões de carbono geradas por usinas de energia.

Esse é o primeiro movimento do esforço do governo Obama para promover o plano durante uma conferência internacional no fim deste ano, quando ele espera conseguir um acordo para reduzir as emissões de carbono em todo o mundo.

“Existe o risco de ficar tarde demais quando se trata de mudança climática”, disse Obama ao anunciar o plano.

O presidente dos EUA descreveu o plano, que, segundo ele, foi preparado durante dois anos, como o “passo individual mais importante que os EUA tomaram na luta contra a mudança climática global”.

A regra final da Agência de Proteção Ambiental exige um corte de 32% nas emissões de dióxido de carbono das usinas de energia até 2030, comparado aos níveis de 2005 – um aumento de 30% na meta que havia sido proposta no ano passado.

Embora as emissões de carbono das usinas de energia correspondam a apenas 5% das emissões globais, o governo Obama espera que a regulamentação doméstica ajude a promover compromissos similares em outros países com altos índices de emissões antes da conferência das Nações Unidas marcada para novembro e dezembro.

A regra, que está enfrentando dura oposição dos republicanos do Congresso, vai acelerar um processo que já está em andamento no setor de concessionárias em direção a combustíveis mais limpos, energia renovável e energia gerada por consumo. Mais de uma dúzia de estados norte-americanos e empresas de carvão afirmaram que vão processar a Agência de Proteção Ambiental e ameaçaram não cumprir a regra.

“Em vez de ser um fato brilhante de seu legado [de Obama], isso será lembrado como mais uma política irresponsável que torna ainda mais difícil para os norte-americanos prover suas famílias e alcançar o sonho americano”, declarou o republicano John Boehner, presidente da Câmara, em um comunicado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s