ONU pede que Jordânia autorize entrada de 12 mil refugiados

"As vidas dos refugiados estarão em risco nos próximos meses", disse Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados

Genebra – A Organização das Nações Unidas (ONU) expressou preocupação nesta terça-feira com o destino de 12 mil refugiados sírios na fronteira entre Síria e Jordânia, que estão barrados em condições humanas degradantes.

“As vidas dos refugiados estarão em risco nos próximos meses”, disse Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) durante entrevista coletiva a jornalistas em Genebra.

“Hoje o Acnur apela ao governo da Jordânia para permitir que os refugiados barrados na fronteira entrem no país”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s