Os nomes de Trump; Opep reunida…

Na semana

– A expectativa é que o presidente eleito nos Estados Unidos, Donald Trump, anuncie novos nomes de seu futuro gabinete. Após nomear a equipe de segurança na sexta-feira, Trump deve escolher a equipe de transição para assuntos econômicos na segunda e a equipe de assuntos domésticos na terça ou na quarta. Um dos cargos mais esperados é o de secretário de Estado, para o qual especulam-se nomes como o ex-prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, e o ex-candidato à presidência e ex-governador de Massachusetts, Mitt Romney.

– O Parlamento Europeu realiza sua plenária anual na cidade de Estrasburgo, na França, entre segunda-feira 21 e domingo 27. Temas como a relação com a Rússia e a Turquia, a ameaça do radicalismo islâmico, defesa, prioridades no orçamento de 2017 e questões climáticas devem ser discutidas ao longo da semana.

Segunda-feira 21

– Os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) se reúnem em Viena. O encontro deve marcar a finalização de um acordo para impor um limite à produção de petróleo. O Irã era um dos principais opositores da medida, e embora já tenha aceitado o acordo, ainda deve resistir sobre o tamanho do teto imposto a cada país.

– O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe visita o presidente argentino Mauricio Macri em Buenos Aires. O encontro acontece após a passagem de ambos por Lima, no Peru, onde participaram do Fórum de Cooperação Ásia-Pacífico (APEC), que aconteceu ao longo da última semana e reuniu centenas de líderes mundiais e empresários.

– A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, discursa para uma plateia de empresários numa conferência organizada pela Confederação Britânica da Indústria. A premiê deve reiterar o papel do Reino Unido como protagonista do livre-comércio num cenário pós-saída da União Europeia.

Terça-feira 22

– O presidente americano Barack Obama vai premiar 21 americanos com a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta condecoração civil dos Estados Unidos. A premiação foi instituída pelo presidente Truman em 1945, em honra aos civis que participaram da Segunda Guerra. Serão homenageados nomes como o casal Bill e Melinda Gates, a apresentadora de TV Ellen DeGeneres e o ex-jogador de basquete Michael Jordan.

– O parlamento europeu debate as relações da União Europeia com a Turquia. A UE deve avaliar se encerra ou não as negociações para a entrada turca no bloco, e uma resolução sobre o assunto será publicada na quinta-feira 24. Milhares de pessoas foram presas ou estão sendo investigadas após uma tentativa de golpe militar contra o presidente Recep Tayyip Erdogan, em julho.

– O presidente russo Vladimir Putin se reúne com o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, quando devem discutir temas como a integração regional – os dois são históricos aliados e integram a União Econômica Eurasiática, um bloco comercial com países da região. Em discurso antes da visita, Lukashenko afirmou que Rússia e Bielorrúsia são “estados irmãos” e que, ao contrário da Ucrânia, a Bielorrúsia é “uma ilha de estabilidade” e “nunca foi uma criadora de problemas na Europa”.

Quarta-feira 23

– O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, comparece ao parlamento para o chamado Autumn Statement (declaração de outono), em que são apresentadas estimativas de crescimento e previsões de gastos para o país. O Autumn Statement é considerado um dos anúncios mais importantes do governo e mostrará quais são as prioridades da gestão de Theresa May para o próximo ano.

– O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, e ministro-chefe da Casa Civil, Peter Altmaier, falam em Berlim sobre as eleições parlamentares do país em 2017. O partido da chanceler Angela Merkel, o União Democrática Cristã (UDC), vem sendo ameaçado pelo Alternativa para a Alemanha (AfD), legenda ultra-conservadora e nacionalista. Após a eleição de Donald Trump, Schaeuble expressou preocupação e disse que “populismo demagógico não é só um problema nos Estados Unidos”.

Quinta-feira 24

– Americanos celebram o feriado do Dia de Ação de Graças, uma das datas comemorativas mais importantes do país.

– O presidente ucraniano Petro Poroshenko se reúne com autoridades da União Europeia para discutir a liberação de visto para os ucranianos na UE. A Ucrânia tem um acordo de livre-comércio com o bloco europeu desde janeiro deste ano. Os europeus devem reiterar seu apoio na questão da Crimeia – ex-território ucraniano anexado pela Rússia em 2014 – e em outros pontos de tensão entre ucranianos e russos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s