Os países que mais colocam mulheres e meninas na cadeia

População carcerária feminina aumentou 50% em 15 anos, mostra levantamento do Institute for Criminal Policy and Research

São Paulo – Há no mundo mais de 700 mil mulheres e meninas atrás das grades. É o que revela a terceira edição do World Female Imprisonment List, divulgada pelo Institute for Criminal Policy and Research (ICPR) da Universidade de Londres.

Conduzida em mais de 200 sistemas prisionais, a pesquisa trouxe à tona duas relevantes constatações: a população carcerária feminina aumentou 50% em 15 anos e cresce a velocidade muito maior que o ritmo observado entre os homens. Não detalha, contudo, quais fatores contribuíram para essa diferença.

Para Roy Walmsley, um dos pesquisadores chefes, o aumento surpreendente deve ser visto com cuidado por governos e autoridades envolvidas no desenvolvimento de políticas prisionais. “O encarceramento de mulheres tem altos custos financeiros e sociais e seu uso em excesso não traz impactos positivos na segurança pública”, comenta.

Jessica Jacobson, diretora do ICPR, enxerga esse crescimento com apreensão. Na sua visão, as mulheres e meninas presas são um grupo vulnerável e desfavorecido e que, geralmente, é o maior alvo de abusos e outros crimes.

O estudo nota que o número de presas aumentou de forma significativa especialmente na América Central e do Sul e Ásia. Na Guatemala e no Brasil, há quatro vezes mais mulheres em prisões hoje que o registrado em 2001 e 2000. No Camboja e Indonésia, tal número mais que quadruplicou nesses 15 anos.

A pesquisa elaborou ainda um ranking que mostra a extensão do encarceramento feminino no mundo. Veja no infográfico produzido por EXAME.com quais são os países que mais colocam mulheres e meninas na cadeia e como são esses números no contexto regional.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s