Papa Francisco condena silêncio da mídia sobre conflitos

Ele disse que tais massacres "foram perpetrados por muito tempo em silêncio vergonhoso, sem nem mesmo atrair nossa atenção"

O papa Francisco condenou o que ele chama de “silêncio vergonhoso” sobre os conflitos de longa duração da África e em outros lugares do planeta, nesta segunda-feira.

Falando a turistas na Praça São Pedro, Francisco citou massacres em Kivu do Norte, na Republica Democrática do Congo, com um exemplo de derramamento de sangue que muito geralmente “não pesa na opinião mundial”.

Ele disse que tais massacres “foram perpetrados por muito tempo em silêncio vergonhoso, sem nem mesmo atrair nossa atenção”.

Ele lembrou do sofrimento de povos em muitas partes do mundo que são “vítimas inocentes de conflitos persistentes”.

No domingo, autoridades afirmaram que supostos dissidentes mataram pelo menos 36 pessoas no nordeste do Congo, provocando manifestações populares contra a violência em curso. O grupo rebelde matou pelo menos 500 civis na região desde outubro de 2014, de acordo com um grupo de direitos humanos local. Fonte: Associated Press.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s