Pentágono confirma morte de líder do EI em ataque de agosto

Como chefe de operações externas, Abu Muhammad al-Adnani estava no comando de ataques no exterior, incluindo Europa

Washington – O Pentágono confirmou nesta segunda-feira que um líder do Estado Islâmico, Abu Muhammad al-Adnani, foi morto em um ataque aéreo dos Estados Unidos em 30 de agosto, na Síria.

Os Estados Unidos haviam dito em 30 de agosto que Adnani, um dos mais antigos e importantes líderes do grupo jihadista, tinha sido alvo de um ataque, mas não chegou a confirmar a sua morte.

O Ministério da Defesa da Rússia informou em 31 de agosto que um ataque aéreo russo havia matado Adnani, que era porta-voz do Estado Islâmico e chefe de operações externas do grupo.

Como chefe de operações externas, ele estava no comando de ataques no exterior, incluindo Europa, uma tática cada vez mais importante para o grupo, uma vez que seu território no Iraque e na Síria tem sido corroído por perdas militares.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s