Bélgica prende 16, mas suspeito de ataques continua foragido

Salah Abdeslam, que supostamente teve papel crucial nos ataques terroristas lançados em Paris não está entre os presos

Bruxelas – A polícia da Bélgica prendeu 16 suspeitos durante 22 batidas realizadas no país, mas Salah Abdeslam, que supostamente teve papel crucial nos ataques terroristas lançados em Paris no último dia 13, não está entre eles, informaram hoje promotores em Bruxelas.

Abdeslam atravessou a fronteira para a Bélgica um dia após os atentados na capital francesa.

Apesar das operações, as autoridades belgas mantiveram o nível mais alto de alerta em Bruxelas pelo terceiro dia consecutivo nesta segunda-feira.

Das batidas policiais, 19 delas ocorreram em Molenbeek e outros bairros de Bruxelas e três em outras cidades belgas, segundo o promotor federal Eric Van Der Sypt.

Van Der Sypt disse que não foram encontrados explosivos ou armas de fogo durante as batidas, mas explicou que “certos elementos da investigação” tornaram necessária a intervenção.

“De qualquer forma, a investigação vai continuar de maneira implacável”, afirmou. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s