Polônia avalia se unir à França na luta contra o EI

O ministro da Defesa afirmou que a Polônia "apoia os esforços franceses contra o EI"

Varsóvia – O ministro da Defesa da Polônia, Antoni Macierewicz, informou nesta sexta-feira que mantém conversas com a França para definir o apoio que o país dará à luta contra o Estado Islâmico (EI).

Em entrevista coletiva, Macierewicz afirmou que a Polônia “apoia os esforços franceses contra o EI” e destacou que, durante a reunião de ministros da Defesa da União Europeia (UE) realizada no último dia 17 de novembro, o país expressou sua disposição em colaborar com uma operação contra a organização.

“Defendemos a solidariedade e, certamente, achamos que não podemos ceder diante do terrorismo”, disse Macierewicz.

Nesta semana, o ministro das Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski, afirmou em Bruxelas que o país estuda fazer parte da coalizão militar para combater o EI.

As declarações do ministro polonês ocorrem depois de o parlamento da Alemanha ter autorizado uma missão de apoio militar à França na luta contra os jihadistas na Síria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s