Presidente turco se ofende e não irá a funerais de Ali

Erdogan não conseguiu fazer parte da lista de oradores da cerimônia que acontece nesta sexta-feira

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que deveria assistir aos funerais de Muhammed Ali, decidiu encurtar sua estada em Louisville (Kentucky, centro), ofendido com a recepção dos organizadores, informou a imprensa turca.

Erdogan não conseguiu fazer parte da lista de oradores da cerimônia que acontece nesta sexta-feira.

O presidente turco, acompanhado de seu genro, Berat Albayrak, que é ministro da Energia, compareceu na véspera ao velório e depois decidiu encurtar repentinamente sua visita, que deveria durar até a noite desta sexta.

Segundo o jornal Hurriyet Daily News, que cita fontes do gabinete do presidente, Erdogan sentiu-se particularmente ofendido por não ter podido colocar sobre o caixão do boxeador a Kiwsa, uma peça de tecido adornada com versos do Corão, que também recobre a Kaaba, a construção cúbica situada no centro da Grande Mesquita de Meca.

Muhammed Ali é venerado em todo o mundo islâmico por ter se convertido ao Islã em 1964 e por ter defendido os valores pacíficos e universais desta religião ao longo de sua vida.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s