Quase um de cada 3 habitantes do mundo sofre de desnutrição

O relatório, coordenado pelo Instituto Internacional de Pesquisa sobre Políticas Alimentícias, assegura que 2 trilhões de pessoas sofrem de desnutrição no mundo

Madri – Quase um de cada três habitantes do planeta sofre de desnutrição, segundo o Relatório da Nutrição Mundial 2015, apresentado nesta quarta-feira em Madri pelas ONG Ação contra a Fome e Save the Children.

O relatório, que foi coordenado pelo Instituto Internacional de Pesquisa sobre Políticas Alimentícias (IPFRI), assegura que dois trilhões de pessoas sofrem de desnutrição no mundo, 1,9 bilhão de adultos têm sobrepeso ou são obesos, 794 milhões apresentam deficiências nutricionais e um de cada 12 adultos tem diabetes.

Um total de seis milhões de crianças morreram no planeta em 2013 por causas que podem ser prevenidas, dos quais 3,1 milhões morreram por desnutrição, o que representa 8,5 mil crianças por dia, acrescenta o documento.

O responsável de nutrição de Ação contra a Fome, Antonio Vargas, e o diretor de Cooperação Internacional de Save the Children, David do Campo, destacaram hoje estes dados durante a apresentação do estudo.

A pesquisa, elaborada com contribuições de mais de 70 autores, analisa a desnutrição em todas suas formas, desde a privação extrema de alimentos até o sobrepeso, a obesidade e o diabetes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s